KSOP anuncia os destinos das próximas três paradas; confira onde

 O quarto dia do KSOP Fortaleza teve como destaque um dia de rodada dupla do Main Event, mas também um torneio que os jogadores gostam bastante da estrutura: o Freezeout. É o torneio que não dá nenhuma margem para erro, pois não permite reentrada. Depois de uma maratona de quase 15 horas, o grande campeão foi o jogador Anderson Araújo.

O regular paraibano bateu o field de 169 entradas e levou o prêmio máximo de R$ 28.000 pela conquista, além de garantir um belo troféu para a estante. A jornada do Freezeout durou quase 15 horas de duração. “Foi muito cansativo. Eu saí do online, vim para o live, deixei família em casa, filha pequena, um filho de seis anos. A emoção de viver o live é surreal”, disse Anderson.

LEIA MAIS: “Que Jogo É Esse?”: Campeão do Freeroll, Peterson Machado faz autocrítica em jogada feita na mesa final: “foi horrível”

O campeão cravou o torneio também numa maratona etílica. “Fui para a praia, conheci o pessoal, bebi, voltei, joguei o torneio todo bebendo, mas é indescritível a sensação de cravar um torneio ao vivo”, disse Anderson. Mesmo um pouco alterado, o paraibano teve um foco impressionante, pois jogou short uma grande parte do tempo.

Um momento crucial –o primeiro de vários na sequência – foi uma bad beat de K6 contra KT de Rodrigo Monteiro. “Eu pensei ‘se bater o 6 aqui eu cravo o torneio’”, lembra Anderson. O 3-handed foi bastante longo e disputado contra Eddy Ferreira e o argentino Marcos Grassi. Anderson precisou de algumas dobras para se manter vivo.

“Eu pensava que eu ia fazer heads-up com o Eddy desde o início porque ele tava muito grande. O argentino eu joguei com ele já três dias. No Main Event, o Progressive KO e hoje. Eu conhecia já o jogo dele, ele foldou algumas coisas que ele conhecia o meu jogo. Foi um campo minado”.

Eddy eliminou Marcos em terceiro e foi para o heads-up com boa vantagem. Só que era o dia de Anderson. Ele teve paciência de sobra para conseguir a virada e fazer festa de campeão.

“Eu já tava muito satisfeito no 3-handed com o terceiro lugar, mas a cravada… levar esse troféu para o meu filho é surreal. Ontem, quando caí em 13º no KO, ele mandou um áudio falando ‘chore não, papai’. Hoje eu vou levar o troféu para ele”, revela o papai do pequeno Richard.

Confira como foi a mão final:

Confira a premiação dos finalistas:

1º -Anderson Araújo – R$ 28.000

2º – Eddy Ferreira – R$ 19.000

3º – Marcos Grassi – R$ 13.000

4º – Anderson Dutra – R$ 9.340

5º – Rodrigo dos Santos Monteiro – R$ 6.900

6º – Christopher Alberto – R$ 5.300

7º – Edivaldo de Sousa – R$ 4.300

8º – Almir Reis – R$ 3.600

9º – Volnei Smaniotto – R$ 3.100

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #03 do Poker de Boteco:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.