Yuri Martins avança para o Dia 3 do Evento #25 da WSOP

Um dos torneios mais cobiçados da WSOP terminou com vitória do profissional Daniel Lazrus. O americano foi o grande campeão do Evento #17, o tradicional US$ 1.500 Millionaire Maker, depois de uma mesa final bastante agitada. Com isso, ele conquistou o primeiro prêmio de sete dígitos da atual edição, conquistando a bagatela exata de US$ 1 milhão.

Como é de se esperar, esse foi o maior prêmio da carreira de Lazrus, que tem uma história ainda bem recente no jogo. “Eu comecei a jogar há cerca de quatro anos e meio, a princípio apenas como recreativo”, disse. “Eu comecei a ganhar, encontrei o cara certo, que me colocou em contato com outros caras certos, só aprendendo”.

“Há dois anos, comecei a subir os stakes e a estudar de forma mais agressiva, quase como uma prioridade”, disse o campeão. Na foto de campeão, Lazrus saiu com a companhia de seis amigos, o grupo dele de acordo com a entrevista. A figura mais notável presente na imagem é o craque Ali Imsirovic, um dos principais nomes da atualidade, principalmente no live.

LEIA MAIS: Patrick Leonard diz que “cresceu amando” ataques de Hellmuth e enquete de Daniel Strelitz corrobora ideia; entenda

O bracelete foi o segundo da carreira de Daniel. O primeiro foi há três meses, quando ele venceu o Evento #28 da WSOP Online que aconteceu na WSOP.com para jogadores americanos. “Esse parece muito mais especial. Parece mais legítimo do que o online, só por ser em uma atmosfera diferente. O primeiro foi uma conquista, mas esse parece A conquista”, disse o campeão.

Lazrus jogou muito bem a mesa final, com bastante agressividade, e teve como adversários Michael Gatty, tricampeão da WSOP, e Ignacio Moron, jogadores que receberam elogios do campeão do Milly Maker. O heads-up foi contra o compatriota Darryl Ronconi e a disputa foi um pouco esquisita para Lazrus.

As zagueiradas de Ronconi

Ele começou com uma vantagem de pouco mais de 3 para 1, mas a sensação é que o recreativo Ronconi não estava afim de jogar o pós-flop, tentando abraçar a variância. Depois de um raise de Daniel, ele foi all in de 22 big blinds com J2 off, levando call de 33. O board T87K9 deu uma sequência no river pra Darryl e deixou a disputa 2 para 1.

A mão do título veio em outra zagueirada. Nos blinds 50.000 / 1.000.000, ele abriu raise para 2.500.000 com , Lazrus 3-betou para 8.500.000 com , e a resposta de Ronconi foi dar all in com 42.600.000, 42 big blinds. Lazrus deu instacall e ficou muito tenso depois do flop trazer , abrindo 13 outs para o rival.

Mas turn e o river fizeram ele respirar aliviado e confirmaram o título e o segundo bracelete de Lazrus, que se juntou a um clube que tem Yuri Martins, Michael Addamo, Chance Kornuth, Fedor Holz e Tony Dunst, por exemplo. Ele confessou para Ronconi que nunca suou tanto na vida como durante a mão final.

Confira a premiação dos cinco finalistas do Milly Maker:

1º – Daniel Lazrus (EUA) – US$ 1.000.000

2º – Darryl Rinconi (EUA) – US$ 500.000

3º – Jeffrey Gencarelli (EUA) – US$ 377.125

4º – Michael Gatty (Bélgica) – US$ 288.715

5º – Ignacio Moron (Espanha) – US$ 222.430

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *