Adney Damasceno vence o ME Light do KSOP Fortaleza

O penúltimo dia de KSOP foi reservado para muitas emoções. Uma delas é no popular Main Event Light, que ocorre em dois dias na série. Com um buy-in de R$ 1.000, o torneio costuma ser um grande atrativo nos últimos dias da série.

Nessa etapa, ele teve um total de 127 entradas, com 14 jogadores entrando na faixa de premiação. Porém, a maior fatia dela, ficou em boas mãos. O grinder Adney Damasceno, do Step Team, deu um verdadeiro show na mesa final.

Ele começou a mesa final como um dos líderes em fichas e sua trajetória foi digna de um grande jogador. Devido a sua experiência no poker online, Adney aproveitou a estrutura de blinds “parecida” com a do ME Light para se sobressair. Logo no início da decisão, ele eliminou os três primeiros adversários e aumentou o seu stack.

Na sequência, Adney voltou ser carrasco de mais um, o que fez sua pilha de fichas chamar bastante atenção para quem estava vendo a mesa final. E com muita vantagem, ele derrubou os outros oponentes, conquistou a cravada e faturou R$ 25.000.

LEIA MAIS: Crescimento do KSOP passa por reconhecimento internacional; confira matéria com estrangeiros em Fortaleza

Após a vitória, o campeão falou com o Mundo Poker sobre como foi o torneio. “No Dia 1 a estrutura começou a apertar e teve dois all ins importantes na retam de lá pra cá só vim controlando o meu stack. Terminei o primeiro dia com 20bbs”, disse.

Sobre a performance na decisão, Adney abriu o jogo sobre qual foi a sua estratégia utilizada para pressionar os adversários. “Meu conhecimento de ICM, fez eu saber pressionar bastante. Quando eu via os shorts stacks, eu já sabia que era valor, isso facilitou muito para mim que tinha muitas fichas”, falou.

Além disso, para ganhar um torneio dessa importância, requer concentração e também saber contra quem está jogando. Adney fez muito isso. “O conhecimento é tudo, mapear os adversários, saber quem joga agressivo e quem é mais tight. Na decisão eu sabia em qual big blind eu deveria abrir para utilizar o c-bet e faze-lo foldar. Acumulei fichas e pressionei”, salientou.

Por fim, o campeão resolveu agradecer a galera do seu time, que fornece toda a troca de conhecimento necessária para que esses momentos aconteçam. “O Step Team é uma família, estou há mais de dois anos lá, eles me incentivaram jogar o KSOP. Agradeço à toda direção e aos companheiros de time”, finaliza Adney Damasceno.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #03 do Poker de Boteco:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.