Akkari coloca Yuri Martins como “maior” e retribuiu elogio elegantemente

Mais dois campeões da WSOP foram conhecidos nos últimos dias. Já com mais de um terço dos eventos finalizados, alguns nomes ganharam destaque por conseguir adicionar novos braceletes para o currículo. Foi o caso, por exemplo, do jogador David Baker, o “Bakes”, que se tornou tricampeão da série.

O americano, campeão em 2010 e 2012 em eventos de Mixed Games, mostrou que é mesmo especialista nessa parte e conquistou o título do Evento #34, o Limit 2-7 Lowball Triple Draw, de US$ 1.500. Ele passou por um field de 285 jogadores até chegar novamente ao topo, lugar já conhecido por ele.

LEIA MAIS: WSOP: Pedro Padilha adia sonho do bracelete com vice no Evento #37 e forra de seis dígitos

Pela vitória que lhe rendeu o terceiro bracelete da série, David Baker ainda faturou US$ 87.837. Depois de alguns anos sem títulos na série, ele revelou: “sempre estive mais no lado lógico e matemático das coisas, em vez de ser um grande leitor de pessoas. Este é um jogo muito técnico e se encaixa bem no meu conjunto de habilidades. É uma sensação incrível (voltar a vencer). Eu queria muito”.

Já no Evento #35, uma grande história também aconteceu. Em sua primeira participação na WSOP, o americano Anthony Koutsos não só conseguiu premiar em um torneio, como fez de uma maneira que todo jogador sonharia. Em um feito raro, Koutsos foi campeão do Evento #35 e saiu com um estimado bracelete logo na primeira vez.

Ele venceu o Freezout No Limit Holdem, de US$ 500, passando por 2.931 pessoas, e garantiu a maior alegria de sua vida no poker. Além do bracelete de ouro, Anthony Koutsos garantiu uma baita forra para sua conta, com US$ 167.272 adicionados ao seu bankroll. Que estreia, hein?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *