Breno Campelo acerta quadra e puxa belo pote no Main Event da WSOP

O Dia 5 do Main Event da WSOP foi bastante movimentado. Com 1.000 jogadores iniciando a disputa já em ITM, 11 deles eram brasileiros. Após 10 horas de jogo e cinco níveis de blinds disputados, o field se reduziu a 292 jogadores e apenas quatro brasucas seguem na disputa.

Grandes nomes brasileiros foram eliminados. Destaques para Renan Bruschi (326º – US$ 33.900), Dante Goya ( 328º – US$ 33.900), André Akkari (348º – US$ 33.900), João Simão (445º – US$ 26.700), Ana Freitas ( 841ª – US$ 15.000), Alisson Piekazewicz (902º – US$ 15.000).

Puxando a fila brasileira, aparece Breno Campelo. Morador de Las Vegas, o craque passou praticamente o dia inteiro jogando na mesa de TV e acumulou um belo stack de 2.670.000 fichas, sendo o 24º na contagem oficial.

Outro destaque foi o brasileiro Philipe Pizzari, que também reside nos Estados Unidos, na cidade de Miami. Ele foi outro que ultrapassou a marca de dois milhões de fichas e avançou ao Dia 5 com 2.321.000 em seu stack.

LEIA MAIS: Jogadores se envolvem em cooler insano de quadra contra quadra na mesa da TV do Main Event da WSOP; confira

Já o gaúcho Marcos Exterkotter, de Porto Alegre, também segue na disputa. Ao final do dia, ele se classificou com um montante de 1.253.000 fichas. Fechando a lista dos quatro, aparece Yuri Martins. O craque brasileiro garantiu 820.000 e segue com 34 big blinds para pilotar.

A liderança geral é do Team PokerStars Pro Ramon Colillas. Campeão do PSPC em 2019, ele vai em busca de mais um grande feito em sua carreira. No final do dia, o espanhol garantiu um stack exato de 5.000.000 fichas.

A lenda Stephen Chidwick, o “stevie444”, dos feltros virtuais, passou com o quarto maior stack, tendo 4.376.000. Outros destaques do field são Cole Ferraro (3.125.000), Chance Kornuth (2.327.000), Tyler Cornell (1.860.000), Tristan Wade (1.609.000), Nick Petrangelo (966.000) e Jason Koon (765.000).

Entre os classificados também temos dois ex-campeões buscando o segundo triunfo no Main Event. Qui Nguyen, campeão de 2016, avançou 1.146.000 fichas. Já a lenda Chris Moneymaker, que conquistou em 2003, se classificou com 621.000. Com um field duríssimo desse, os quatro brasileiros não terão vida fácil.

O Dia 5 retorna às 12h00 deste sábado (13), no horário de Las Vegas. Os jogadores voltam nos blinds 12.000/ 24.000 com big blind ante. A busca pelo bracelete mais importante da série e a forra épica de US$ 8.000.000 segue a todo vapor no Rio All-Suite Hotel & Casino.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *