Doug Polk faz lista dos 100 melhores do mundo sem brasileiros

As discussões sobre os maiores jogadores de poker de todos os tempos sempre dão muito o que falar. Isso porque os critérios de avaliação podem ser completamente diferentes, já que as épocas são distintas, o poker live e online podem ter pesos diferentes e tantas outras coisas. Mas de tempos em tempos essa pauta é reacendida e volta a estar presente.

Ontem, o americano Doug Polk resolveu compartilhar uma lista com os 100 maiores jogadores da história em sua visão, dando ênfase ao top 20, que ele considera realmente o melhor. Sem querer definir a ordem, ele colocou nomes como Phil Ivey, Phil Hellmuth, Daniel Negreanum Doyle Brunson, Patrick Antonius, Erik Seidel e Stu Ungar, por exemplo.

LEIA MAIS: Rodrigo Selouan é eliminado em cooler terrível na sexta colocação do Sunday Million Super HR US$ 25.500

É claro que esses personagens fazem parte de qualquer quadro, mas é a sequência da lista que chama a atenção. Polk não coloca nenhum brasileiro entre a lista dos seus 100 melhores jogadores. Nem mesmo nomes como André Akkari, embaixador do PokerStars há anos, ou Yuri Martins, disparado um dos melhores do mundo da atualidade, são citados.

“Como nos sentimos sobre esta lista? Alguém que não deveria estar aqui, ou quaisquer desprezados que precisam ser adicionados?

(Observação: estamos apenas no top 20, portanto, sugira pessoas apenas se achar que elas deveriam estar no top 20)

Estes não estão em ordem de classificação apenas numerados para contar, coloque nomes de tela se for importante”

Fica bem claro que uma visão americanizada não inclui o Brasil entre as principais potências. Polk mesmo falou sobre esse lado, mas os números atuais dizem o contrário sobre isso. O americano recebeu uma enxurrada de respostas com sugestões para a inclusão nesse cenário. A lista se torna ainda mais polêmica ao ver que Dan Bilzerian faz parte e os nomes abaixo não.

Patrick Leonard, atual número um do mundo e outro que não foi citado, saiu em defesa de alguns jogadores. Ele citou os craques do online Niklas Astedt, Samuel Vousden, Simon Mattsson, Chris Moorman, Jon Van Fleet, João Vieira, Rui Ferreira, Roman Romanovsky, Claas Segebrecht, Pascal Hartman e Robert Flink, além de Yuri Martins, que ganhou até argumento especial.

“Yuri (tem que ter algum Brasil na lista, grande nação do poker) joga e esmaga todos os 25ks, 10ks, 5ks etc online. Esmaga o cash PLO (tem bracelete plo), é conhecido como um dos melhores regs de torneios de mixed games, tem bracelete em mixed (omaha Hi-Lo), ex #1 no mundo muitas vezes, 10+ COOPS”, disse Pads, em defesa de Yuri.

Depois de muitas sugestões, Doug Polk colocou mais 10 jogadores que poderiam fazer parte da lista. Porém, nem mesmo assim algum brasileiro foi incluído. Dá pra acreditar?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #05 do Poker de Boteco:

 

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.