Douglas Lopes faz duas mesas finais no GGPoker e garante um título

A segunda-feira foi dia de mais uma mesa final para o Brasil no torneio mais famoso do PokerStars. No US$ 109 Sunday Million, que aconteceu em versão especial com bounties por conta da KO Week, dois grinders do país representaram bem o poker nacional e conseguiram bons desempenhos para sair de bolsos cheios.

A melhor participação veio com o regular Denison da Silva, dono da conta “Sorjak” no PokerStars. O jogador alcançou um belo vice-campeonato, conquistado após fazer fazer uma grande mesa final no torneio, e somou o excelente prêmio de US$ 62.785, seu maior registrado no PokerStars.

Já o segundo jogador presente na mesa final foi Marcos Epaminondas, o “Marcos Epa” do site. O jogador do Samba Poker Team, que começou o dia entre os últimos colocados na tabela, conseguiu uma grande recuperação e acabou a competição, que contou com 9.957 pessoas, com um valioso sexto lugar. O prêmio foi de US$ 17.851.

LEIA MAIS: WSOP: Murilo Figueredo alcança primeira FT para o Brasil, dá aula short stack e forra com quarto lugar no Evento #07 Omaha Hi-Lo

“Marcos Epa” foi líder de grande parte da mesa semifinal, mas alguns potes perdidos antes da bolha acabaram o jogando para o meio da tabela. O inverso ocorreu com Denison, que disparou e começou entre os melhores stacks. O início da FT foi bastante tranquila e os brasileiros mantiveram a calma para conseguir alguns payjumps.

Mais confortável, o “Sorjak” conseguiu rapidamente acumular mais fichas e assumiu a liderança, ficando na frente por um bom tempo. Marcos, por outro lado, acabou ficando curto e não resistiu. No 5-handed, a situação se equilibrou e as fichas passaram de um lado para outro. Foi só quando “Canyoh” conseguiu duas eliminações que a situação mudou.

No entanto, isso também fez com que o adversário disparasse na liderança. Coube a Denison brigar para garantir o segundo lugar. O último dos rivais antes do heads-up caiu para o chip leader e o brasileiro teria uma difícil tarefa de tentar a virada, mas o “Sorjak” quase não conseguiu se mexer.

“Canyoh” usou a agressivade e o stack para minar o brasileiro e no primeiro all in definiu o confronto. O K5 do brasileiro não bateu o AT do rival no board Q4KTJ e o torneio chegou ao fim com o vice-campeonato verde e amarelo.

Confira o episódio #12 do Poker de Boteco:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.