Felipe Mojave avançou para o Dia Final do Evento #88 da WSOP

Faltando poucos dias para o desfecho da WSOP 2021, um dos momentos mais especiais da edição aconteceu nesta virada de domingo para segunda-feira (22). A jogadora profissional Leo Margets foi a grande campeã do torneio The Closer, com buy-in de US$ 1.500 e fez uma enorme festa com o primeiro bracelete conquistado na carreira.

A jogadora espanhola bateu o field de 1.054 do Evento #83 para levar a bagatela de US$ 376.850. Esse foi o maior prêmio da carreira de Margets. O anterior já durava 12 anos e aconteceu justamente na WSOP, quando ela ficou na 27ª colocação do Main Event em 2009 e ganhou US$ 352.832. Foi o quarto hit de seis dígitos da regular.

Margets sabia exatamente o gostinho de uma trave. Em 2018, ela foi vice-campeã do Evento #73 e não conquistou o bracelete por detalhe. “Normalmente, é mais difícil uma mulher ganhar um bracelete porque nós somos poucas (no poker)”, disse a campeã. Na mesa final, ela teve a companhia da jogadora Cherish Andrews, nome conhecido no poker americano.

Leo conseguiu uma virada espetacular no heads-up contra Alex Kulev. O bósnio disparou na liderança na mesa final e praticamente fez todo o serviço de eliminar os jogadores. Quando o duelo final foi formado, a sensação é que Margets amargaria mais um vice. “Ele tinha uma liderança enorme em fichas”, lembra. Kulev começou o HU com 40.000.000 contra 7.000.000 da espanhola.

LEIA MAIS: Em novo vice, Phil Hellmuth quebra recorde de 29 anos com sétima mesa final na WSOP 2021; saiba mais

No início do heads-up, um erro e uma bad beat ajudaram Margets. “De algum jeito, eu cometi um super erro porque calculei errado meu stack. Eu pensei que tinha 2,5 blinds e eu tinha sete. Isso foi um grande erro, mas eu tive sorte”. Nessa mão, ela foi all in com 94 e levou call dominada por A9 de Kulev. Um 4 apareceu no turn para iniciar o processo da virada.

O 4 acabou sendo decisivo na vida de Leo. Na sequência, ela dobrou de A4 contra K8 ao acertar uma quadra de 4 e conseguiu empatar o jogo numa sequência de potes pequenos. O torneio acabou em outro grande engate. No flop 953, eles se envolveram em all in. Margets tinha Q5 com flush draw e um par, enquanto Kulev apresentou A9 com top pair. Um 5 no turn deu uma trinca para a Team Pro do Winamax e foi o suficiente para o título.

O final do torneio foi documentado em vídeo e dá para ver que a jogadora não acreditava no que havia realizado. Ela se emocionou bastante com a vitória.

Confira o vídeo:

Confira a premiação dos finalistas:

1º – Leo Margets (Espanha) – US$ 376.850

2º – Alex Kulev (Bósnia) – US$ 232.920

3º – Stephen Song (EUA) – US$ 172.855

4º – Marc Lange (Áustria) – US$ 129.460

5º – Arturo Segura (EUA) – US$ 97.865

6º – Cherish Andrews (EUA) – US$ 74.680

7º – Aleksandr Shevliakov (Rússia) – US$ 57.525

8º – Chris Moorman (Reino Unido) – US$ 44.740

9º – Benjamin Underwood (Canadá) – US$ 44.740

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *