Gabriel Bonfim diverte salão após cair em pegadinha dos amigos no NPS

A última edição do Nordeste Poker Series em 2021 já está em andamento e vários nomes conhecidos do cenário nordestino já estão pelos salões do Hotel Gran Mareiro. E o ótimo clima sempre apresentado nos eventos da série fez até um dos jogadores mais conhecidos por aqui trocar uma festa de aniversário pelas fichas do NPS.

O paulista Léo Rizzo, nome sempre presente nas competições e querido por todo o salão, o “oitavo do mundo” é uma das figurinhas carimbadas da série. Rizzo completou 39 anos nesta quarta-feira (15) mas, disputando o ranking da série, mesmo que um pouco distante do líder Henrique Barbosa, o jogador decidiu “comemorar” mais um ano de vida vendo alguns flopinhos.

“Completei 39 anos bem vividos, com muitos all ins (risos)… acabei vindo pro NPS mesmo nessa data porque durante o ano acabou dando a zebra de eu brigar pelo ranking. Nunca tive essa pretensão. Eu sempre quis chegar longe nos eventos, mas ranking nunca foi prioridade. Já que meu nome apareceu entre os primeiros, eu falei ‘vou levar isso o mais sério possível’, pra tentar me divertir ainda mais e buscar essa experiência nova pra mim”, conta o jogador.

LEIA MAIS: NPS: Disparado na liderança do ranking, Henrique Barbosa mantém pés no chão, mas não nega expectativa: “é um misto de emoções”

Mas se engana quem pensa que não teve festa por conta da vinda ao NPS. Teve, sim, e foi surpresa. A esposa Layla, em conjunto com algumas pessoas do hotel, surpreendeu o jogador paulista depois de um almoço fora com uma pequena festinha improvisada, no próprio quarto do hotel onde acontece o evento. Léo gostou do presente:

“Vim com minha esposa Layla pra cá passar esses dias. Quando a gente voltou do almoço, ela tinha preparado uma festa super legal lá no quarto, com bolo, doces, foi bem bacana mesmo”. E ele ainda contou que vai ter mais. E aí, nessa, ninguém pode botar defeito. Mas até nisso o NPS influenciou: “eu vou fazer uma loucura no sábado, volto pra São Paulo pra minha festa, vai ter um show com o Xande de Pilares, mas volto pra cá ainda na madrugada pra continuar a disputa”, revela Léo.

Seu jeito descontraído de jogar cativa alguns e até irrita outros, já que alguns de seus all ins no escuro, de propósito, acabam se tornando histórias tristes para se contar do ponto de vista contrário. Mas o atual terceiro colocado do ranking não esconde seu jeito brincalhão nem na hora mais séria, mostrando que o que vale mesmo é a diversão, carro chefe do Nordeste Poker Series.

“Pra mim, o que vale é a resenha. Eu venho brincando com o Henrique nas redes sociais faz umas duas semanas. Eu acho que ele já cravou, ele fez história lá na última etapa. Eu acho que o ranking já é dele, mas minha busca é por ainda tentar passar o Gabriel Bonfim, que é mais próximo da realidade. Mas se eu chegar aqui no On Fire, o Henrique vai ficar sem dormir a semana toda”, promete, provocando e finalizando o papo.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!



Confira o episódio #22 do Depois do River:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.