Ingracia Oliveira revela “dicas” durante a FT do Main Event do KSOP Fortaleza e agradece torcida: “muito feliz”

A todo evento, as demonstrações que o poker é um jogo inclusivo, e consequentemente fascinante por esse motivo, são constantes. No último dia do Main Event do KSOP Fortaleza, todas as pessoas que estavam no salão do hotel Gran Mareiro pararam para aplaudir com vontade a senhora Ingracia Oliveira, eliminada na quinta colocação do Main Event.

Cativante e carismática, Ingracia teve todos os holofotes e muita torcida de quem estava acompanhando. Ela obteve o melhor resultado que já conseguiu no poker: R$ 87.000 pelo quinto lugar. Mais do que a parte financeira, a jornada certamente foi memorável. A torcida foi gigantesca até na transmissão da MundoTV.

O mais interessante de tudo, e é o que eu mais gosto, é que tem um monte de gente torcendo por mim e eu não sei porquê que eu cativo as pessoas, acho que pela idade ou por ser mulher. Eu agradeço muito a todo mundo. Foi muito interessante e muito difícil chegar nessa mesa final. Cheguei lá e estou muito feliz”, disse Ingracia após a queda.

LEIA MAIS: De briga entre irmãos até prisão: Daniel Costa estreia quadro com 10 perguntas aleatórias; assista

A gaúcha tem o poker como hobby há uma década e ela divide a paixão pelo jogo com o marido Valderez. Ela deixou um recado para as mulheres. “Eu acho muito bom incentivar as mulheres. Acho bom também incentivar as mulheres que acompanham os maridos. Eu e meu marido nós jogamos juntos há uns 10 anos”, conta.

“O pessoal do clube, todo mundo adora, os outros maridos falam ‘por que minha mulher não vem?’, ‘minha mulher só fica reclamando’. Jogar é muito bom, é divertido, a gente faz um monte de amizade no país inteiro. As mulheres independentes que têm o seu dinheiro têm mais é que se atirar também, não somos menos do que ninguém”, afirma Ingracia.

Uma das cenas mais incríveis da mesa final aconteceu na primeira eliminação. Ela foi a responsável por eliminar Antônio Carlos de Souza na nona colocação com uma bad beat de AQ contra AK. Enquanto o cearense ainda assimilava o golpe, Ingracia deu um abraço extremamente carinhoso para consolar o jogador, numa imagem marcante e capturada pelo fotógrafo Lucas Oliveira (confira abaixo).

A quinta colocada também falou sobre a relação com o poker e garante que tudo o que sabe foi passado por amigos. Porém, deu para notar nas mesas que ela é bastante curiosa. Após muitas jogadas com showdown, ela faz perguntas para os jogadores da mesa do que acharam da escolha dela, absorvendo conhecimento dos adversários diretamente.

“Nunca fiz coach com ninguém, nunca li nenhum livro, foi só os amigos que me ensinaram. Até aqui na mesa final eu fiquei perguntando ‘você pagaria com isso ou não pagaria?’. O Foster, os outros todos, William que estava do meu lado, ficaram me ajudando. Se eu não joguei errado, então tá bom, acho que não fiz feio” revela a gaúcha.

Por fim, ela fez questão de mandar uma mensagem para os companheiros de clube, o lugar onde tudo começou. “Quero deixar um agradecimento ao pessoal do Ipiranga Clube lá de Porto Alegre que foi onde eu comecei a jogar de brincadeira. Hoje no celular estavam me mandando mensagens e torcidas. Foram eles que me ensinaram”, finaliza a sensação do KSOP Fortaleza.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #03 do Poker de Boteco:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.