João Valli e Felipe Mojave avançam em torneios distintos da WSOP

Na madrugada dessa quinta-feira (14), o Evento #23 ($1.500 Eight Game Mix 6-Handed) da WSOP, quase terminou com um grande feito. Por pouco, o profissional Connor Drinan, conhecido como “blanconegro” pelo seu nick no PokerStars, não foi o primeiro a conquistar duas joias nessa edição de 2021. Ele havia sido campeão no Evento #05.

O torneio de mixed games, teve um field total de 484 entradas. Ryan Leng foi o responsável por derrotar Connor Drinan no heads-up e conquistar o título. Ele faturou uma belíssima premiação de US$ 137.969 pela cravada.

Além disso, o jogador é um veterano do circuito com diversas premiações na série. Ele também já havia conquistado dois braceletes. O primeiro foi em 2018, já o segundo, aconteceu na edição online de 2021, realizada na plataforma WSOP.com para os jogadores americanos.

A vitória que garantiu a sua terceira joia, foi com uma virada histórica. Connor Drinan começou com tudo o heads-up, chegando a abrir uma vantagem de 10:1 sobre Ryan, enquanto a disputa era realizada na modalidade de 2-7 Triple Draw.

LEIA MAIS: Incentivadora do poker feminino, Natalie Hof Ramos quer ampliar comunidade com jogadoras do Brasil: “espalhar pelo mundo”

No entanto, quando o jogo virou para NLH, Ryan conseguiu dobrar em um all in pré-flop. Connor shovou de A5 e Ryan pagou com Q7. O board trouxe 744J4, dando um full-house para Leng que diminuiu um pouco a desvantagem.

A partir disso, Ryan Leng dominou completamente e garantiu a maioria dos potes. No Seven Card Stud, ele conseguiu puxar um belo pote com dois pares e, novamente, foi alcançando a diferença de stacks. Logo na sequência, veio a modalidade de Pot Limit Omaha.

Ryan aproveitou muito bem e conseguiu passar a frente, após dois grandes potes. A vantagem ainda aumentou no Limit Hold’em. Em um pote com o board mostrando K5783, Ryan mostrou KQ e puxou as fichas.

Connor Drinan não teve mais reação. A mesma modalidade que lhe deu a liderança no inicio do heads-up, lhe tirou o título. Dessa vez, Ryan finalizou a disputa no 2-7 Triple Draw, com uma virada história. Drinan não repetiu seus feitos históricos, como os cinco títulos do SCOOP 2020. Pelo vice-campeonato da WSOP, ele embolsou uma quantia de US$ 85.273.

Connor Drinan (Créditos: PokerNews)

Confira a premiação completa da mesa final:

1º – Ryan Leng (EUA) – US$ 137.969

2º – Connor Drinan (EUA) – US$ 85.273

3º – Brett Shaffer (EUA) – US$ 56.839

4º – Daniel Zack (EUA) – US$ 38.752

5º – Schuyler Thornton (EUA) – US$ 27.038

6º – Ryan Hughes (EUA) – US$ 19.317

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *