Luigi Soncin leva virada de argentino, mas sai com premiação astronômica após vice-campeonato no The Venom

O dia 03 de agosto de 2022 entrou foi o dia que o profissional Luigi Soncin tanto esperou em sua carreira. Depois de uma sólida atuação no torneio The Venom do Americas Cardroom, o sócio do Full Team conquistou uma forra absurda. O título não veio, mas o craque colocou no bolso, por enquanto, o maior prêmio de um brasileiro no ano.

A jornada memorável do jogador que pilota o nick “G26” acabou com o vice-campeonato. Isso fez com ele conquistasse a bagatela de US$ 879.723, disparadamente o maior prêmio da carreira do regular. Ele começou a disputa da mesa final numa boa condição de chip leader e o caminho em direção ao heads-up foi bastante natural.

O jogador americano “Amo4sho” passou todo o stack que tinha para Luigi com um call bem questionável. Melhor para o brasileiro que partiu para o duelo decisivo contra o argentino “manuma29” com uma vantagem levemente superior de 2 para 1. Embora o duelo estivesse com essa larga vantagem, o jogo ainda estava bastante deep.

LEIA MAIS: “Que Jogo É Esse?”: Juliana Vidal passa blefe corajoso em Carlos Rox mesmo com board duplamente dobrado no Mistery KO

Assim, o que se viu foi uma verdadeira batalha no clássico Brasil x Argentina. Luigi ficou um bom tempo na liderança, mas o hermano conseguiu igualar e depois abriu frente. Foram quase duas horas de jogo até que tudo voltasse a ficar empatado. Os blinds foram subindo e “manuma29” conseguiu mais uma vez abrir distância.

Eis que num all in pré-flop de A8 contra AQ, o argentino selou o título do The Venom em grande estilo. Ele completou um royal flush no board AJTKA logo no turn para ficar com a bagatela máxima de US$ 1.169.951.

Confira o episódio #13 do Poker de Boteco:

O post Luigi Soncin leva virada de argentino, mas sai com premiação astronômica após vice-campeonato no The Venom apareceu primeiro em Mundo Poker.

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.