Negreanu é salvo pelo gongo após cooler com bad beat valiosa no Ev #85

Um dos grandes nomes do cenário mundial de poker, enfim, teve o seu dia de glória na WSOP e pôde colocar seu nome na galeria dos donos de bracelete. Mikita Badziakouski deu um verdadeiro show para faturar o título do Evento #85 da série, o cobiçado High Roller de US$ 50.000, superando uma mesa final de respeito para levar a primeira pulseira dourada da carreira.

Em grande estilo, Badziakouski superou o field de 113 entradas para ficar com a bagatela insana de US$ 1.462.043. Esse foi simplesmente o oitavo resultado de seis dígitos da carreira do craque (curiosamente o menor entre eles). O bielorrusso também ultrapassou a significativa marca de US$ 30.000.000 em ganhos no poker ao vivo e é o 13º colocado da All Time Money List.

Porém, ele não tinha no bracelete um objetivo primordial na carreira. “Honestamente, o bracelete não é tão importante para mim como é para outros jogadores. Eu só vou falar que é uma boa sensação vencer um High Roller”, explicou. No entanto, Mikita tinha inúmeras traves e um várias mesas finais na carreira na WSOP. Faltava o título.

Essa foi a quinta mesa final de Badziakouski na WSOP, sendo que todas as outras foram disputadas na versão europeia da série. Ele sempre chegou perto, ficando em segundo, terceiro e duas vezes em quarto. Mikita ainda fez duas mesas finais na WSOP Online em 2020, perdendo um heads-up insano numa maratona em uma delas. Neste ano, fez quartas de final no torneio de HU.

LEIA MAIS: Adrian Mateos é tetracampeão da WSOP com título do Evento #82 Super HR de US$ 250.000 e leva fortuna: “significa muito”

Mikita enfrentou uma mesa final extremamente qualificada, como era de se esperar, para ficar com o título. Nomes como João Vieira, Ali Imsirovic, Stephen Chidwick e Daniel Negreanu estiveram no caminho. O bielorrusso disparou na primeira colocação na metade da decisão depois de um potaço contra Chidwick e foi aumentando a vantagem até a formação do heads-up.

O último adversário foi o jogador Ren Li, que teve a participação marcada na FT por algumas jogadas bem ousadas. Ele sempre repetia o bordão “no gamble, no future” antes de protagonizar algumas mãos nada convencionais para esse tipo de field. O heads-up começou com vantagem de 4:1 para Mikita, mas Li virou o jogo e deu um belo susto no “fish2013” do online.

Ele ficou perto de ser campeão num all in pré-flop de T4 contra K6. Li achou um 4 no flop, mas um 6 salvou Badziakouski no river. Deopis disso, com calma, o talento de Mikita falou mais alto e ele passou o rival, abriu frente e sacramentou o título em all in pré-flop de A5 contra K7. O board da cravada foi 89289.

Confira a premiação dos finalistas:

1º – Mikita Badziakouski (Bielorrússia) – US$ 1.462.043

2º – Ren Li (EUA) – US$ 903.610

3º – Daniel Negreanu (Canadá) – US$ 661.041

4º – Jason Koon (EUA) – US$ 489.585

5º – Stephen Chidwick (Reino Unido) – US$ 367.153

6º – Ali Imsirovic (Bósnia) – US$ 278.840

7º – Carlos Villamarin (EUA) – US$ 214.496

8º – João Vieira (Portugal) – US$ 167.152

9º – Ryan Leng (EUA) – US$ 131.982

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *