Nick Petrangelo começa ano com US$ 2 milhões em cinco torneios

O poker e a NFL voltaram a se encontrar, por coincidência, pouco depois da realização do Super Bowl, evento onde a comunidade do poker marcou presença com comentários e apostas esportivas. Dessa vez, a união entre os dois mundos se deu por conta de um ex-jogador, Richard Seymour, que acabou de ser nomeado para o Hall da Fama da NFL.

O antigo DR (defensive tackle) do futebol americano construiu uma bela trajetória no esporte, conseguindo três títulos do Super Bowl durante sua carreira. Considerado um dos melhores da época, o ex-jogador do England Patriots foi eleito para o cobiçado grupo de lendas, com a cerimônia oficial a acontecer no dia 06 de agosto.

Mas depois de aposentado é que Seymour agregou os dois mundo. Com a veia competitiva, o antigo defensor encontrou no poker uma forma de continuar a competir de outras maneiras. Ele ingressou de vez no mundo das cartas, depois de ter aprendido o esporte com o pai, e conseguiu bons resultados nas mesas de jogo ao vivo ao redor do mundo.

LEIA MAIS: “Bad beat” impede rapper Drake de completar trinca milionária de apostas no Super Bowl; entenda

Fanático pelo esporte, ele até chegou a explicar seu comportamento nas mesas em uma entrevista: “meu temperamento se encaixa bem no poker; sou naturalmente meio reservado, não sou super emotivo de uma forma ou de outra, então, se coisas ruins acontecem, como acontece no poker, é sobre ‘como você responde?’”.

Richard Seymour também já revelou que joga desde os tempos do futebol americano, mas ali era por hobby. Depois que parou, viu no poker a saída para não se afastar das competições: “uma vez que você termina de jogar futebol, você ainda tem um impulso competitivo. O poker é uma saída para mim onde eu tenho um impulso competitivo, você tem que ser muito cerebral. Foi uma progressão natural”, explica.

E a empreitada do ex-jogador da NFL nas mesas não é furada. Ele já possui mais de US$ 645.000 em ganhos nos torneios ao vivo, com destaque absoluto para o terceiro lugar no PCA (PokerStars Caribbean Adventure) em 2018, no torneio de US$ 25K. Na ocasião, ele levou US$ 376.000. Esse valor é quase seis vezes maior que o bônus que ganhou, por exemplo, ao conquistar seu primeiro título no Super Bowl, quando recebeu US$ 63.000.

Mais um caso de um grande atleta de outro esporte que vê no poker o futuro pós aposentadoria. Quem será o próximo?

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio #04 do Poker de Boteco:

 

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.