Quarteto brasileiro está no Dia 2 do Main Event High

A nova grande história de Guilherme Cherman no torneio mais caro de domingo teve um final repentino. Desconhecido há poucos dias, o jogador recreativo chamou a atenção de todo o Brasil ao fazer não só uma, mas duas mesas finais de torneios de US$ 25K, com direito a uma cravada e um terceiro lugar.

Mas a história do brasileiro ainda não estava finalizada. Em um novo evento do mesmo valor, que reuniu novamente as principais estrelas do mundo do poker, o “bill2021” mais uma vez deu um show à parte. O jogador alcançou outra decisão e tinha tudo para brigar por mais uma vitória, mas duas colisões acabaram repentinamente com essa esperança.

Jogando o Super HR da WSOPC Series no Natural8, a nova performance incrível de Guilherme Cherman deu a ele o prêmio de US$ 194.906. Ele acabou na quarta colocação do torneio, que contou com 65 dos maiores jogadores de poker do mundo no estrelado field.

LEIA MAIS: Erik Seidel é vice e leva prêmio de seis dígitos no primeiro High Roller do Venetian no ano; Punnat Punsri crava

Chegou a hora de disputar os grandes torneios do online! Crie sua conta no Natural8 e ganhe um bônus no primeiro depósito

O brasileiro tinha um stack intermediário quando começou a mesa final, mas alguns dos jogadores estavam bem curtos. A bolha do dinheiro só estouraria com a primeira eliminação, e não tardou para que Michael Addamo ficasse com a ingrata posição. Isso já garantiu um bom dinheiro para “bill2021”, e o jogo ficou mais leve a partir disso.

Com mais ação, o brasileiro viveu um momento sensacional ao sobreviver e se tornar chip leader com ainda oito jogadores vivos, acertando um straight flush milagroso no river. Com fichas, ele viu rivais de calibre como Nick Petrangelo, Sam Greenwood e Stephen Chidwick ficarem pelo caminho e foi garantindo bons payjumps.

Quando chegou no 4-handed, no entanto, a sorte virou. Ele trombou duas vezes com o carrasco Lev Gottlieb, que acabou eliminando o brasileiro. Na primeira das mãos, ambos acertaram o top pair em um flop tranquilo. Os jogadores foram all in e o rival ganhou no kicker.

Depois, reduzido a short da mesa, uma bad beat novamente contra o “Levmealone” tirou o brasileiro da disputa. Seu TT foi superado pelo A5 do rival, dessa vez com o river sendo fator crucial para a derrota. Ainda assim, é mais um belo feito do jogador, que segue em fase quase inacreditável.

Confira:


Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *