WSOP: Com o segundo maior stack, Papo MC cai em 7º no Main Event com hero call em apenas 14 segundos no river

Foram 6.650 participantes em busca do sonho da glória no Main Event e depois de uma verdadeira maratona de poker de sete dias finalmente os nove finalistas foram conhecidos. Entre perfis variados de profissionais, recreativos, jogadores do online e regulares ao vivo, a mesa final desta edição promete ser de bom nível.

LEIA MAIS: Discretos na WSOP 2021, Stephen Chidwick e Dario Sammartino estão na mesa final do Evento #76 Super Turbo Bounty US$ 10K

Todos já garantiram a bagatela sensacional de US$ 1.000.000, enquanto o grande vencedor vai ficar com o cobiçado bracelete e uma forra exorbitante de US$ 8.000.000. A mesa final será dividida em duas partes. A primeira acontece hoje, a partir das 20 horas do horário de Brasília, e será jogada até restarem quatro jogadores. O desfecho fica para quarta-feira (17).

O Mundo Poker fez um rápido resumo sobre cada finalista do torneio. Confira:

Koray Aldemir – Alemanha – 140.000.000 fichas

Chip leader com uma vantagem massiva para os demais, Aldemir é certamente o nome mais conhecido e a principal referência técnica dessa mesa final. O high stakes live e online tem mais de US$ 12.000.000 em ganhos nos circuitos ao vivo e também muitos resultados importantes no online, onde atua com o nick “Körrinho”. Em 2016, ele conquistou o maior prêmio da carreira na WSOP. Foi no badalado US$ 111.111 High Roller for One Drop, quando levou US$ 2.154.265 pelo terceiro lugar. O campeão daquele torneio foi seu compatriota Fedor Holz.

George Holmes – Estados Unidos – 83.700.000 fichas

O recreativo americano é o jogador mais velho da decisão com 49 anos e está vivendo um verdadeiro sonho. Holmes chegou a ficar com apenas um big blind durante o Dia 7 do torneio e conseguiu uma arrancada épica para alcançar a FT em segundo. De acordo com o Hendon Mob, Holmes tem apenas um ITM em torneios de grande porte, justamente no Main Event da WSOP em 2019, quando ficou em 213º. Ele disse que gosta apenas de disputar o principal torneio do mundo, mas se interessa por poker desde 1999, atua mais em cash games e joga um home game semanalmente.

Alejandro Lococo “Papo MC” – Argentina – 46.800.000 fichas

Único representante sul-americano, Lococo é um rapper argentino que se envolveu profundamente com o poker nos últimos anos. Ele começou a disputar torneios para convidados, como o “Desafio dos Youtubers” e “Desafio das Celebridades” do BSOP em 2016 e foi um caminho sem volta. Papo MC atualmente é Team Pro do PokerStars e embaixador do hotel Enjoy Punta del Este e praticamente já garantiu um prêmio 10 vezes maior do que tudo já conquistou no poker ao vivo, onde seus ganhos estão perto da casa de US$ 120.000.

Joshua Remitio – Estados Unidos – 40.000.000 fichas

O quarto colocado em fichas tem apenas US$ 1.809 em ganhos de acordo com Hendon Mob divididos em três ITMs. Tudo indica que o americano de 27 anos é mais um jogador recreativo desta mesa final, mas ele conta uma barulhenta torcida que o apoiou durante toda a reta final. Agora milionário, Remitio é formado em finanças pela Arizona State University.

Jack Olivier – Reino Unido – 30.400.000 fichas

Oliver é o jogador mais novo dessa mesa final com 26 anos. O inglês de Manchester tem um perfil bem discreto na mesa, com poucas falas e bastante concentração. Jack tem US$ 117.414 em ganhos, sendo o maior hit um título no cassino Extravaganza, em Las Vegas, de US$ 27.047 em 2019. A maior parte de seus resultados, que começam a partir de 2016, foram na Inglaterra.

Ozgur Secilmis – Turquia – 24.500.000 fichas

Um dos mais carismáticos dessa mesa final, o animado jogador turco de 37 anos é bem acostumado com o poker ao vivo, e o lugar que mais atua é no badalado Merit Casino, no Chipre. Ele tem US$ 133.559 em ganhos e conseguiu cinco ITMs nesta edição da WSOP antes da jornada épica no Main Event. Secilmis também protagonizou um dos maiores coolers desta edição, quando derrubou um adversário de quadra contra quadra perto da bolha do dinheiro na mesa da TV.

Hye Park – Estados Unidos – 13.500.000 fichas

Nascido na Coréia do Sul, Hye Park tem 37 anos e é um dos jogadores mais experientes dessa mesa final. Fuzileiro naval entre 2001 e 2005, ele aprendeu a jogar poker nessa época e hoje é jogador profissional. Park tem mais de US$ 470.000 em ganhos no live, também joga online e pode se tornar um adversário perigoso caso dobre o seu stack de 17 big blinds.

Chase Bianchi – Estados Unidos – 12.100.000 fichas

Um dos principais nomes dessa decisão, Bianchi é o único dos finalistas que tem um bracelete da WSOP. Ele conquistou a honra em 2016 quando venceu um torneio de US$ 1.000 para levar a bagatela de US$ 316.920, que compõe boa parte de seus ganhos no poker ao vivo, na marca de US$ 872.718. Ele planeja comprar uma casa e ajudar a família com o dinheiro que levar nessa mesa final.

Jareth East – Reino Unido – 8.300.000 fichas

Short stack da decisão, East também é um nome bastante forte e profissional do jogo, com bastante experiência no online. Ele é o “jareth3542” do PokerStars e o “UraizeIfold” do GGPoker, mas foi no partypoker o big hit da carreira. East conquistou uma baita forra no WPT Online de US$ 557.658 em um torneio de US$ 1.050 da série. No live, ele tem quase US$ 150.000 em ganhos.

Para comprar e vender seus créditos de poker, indicamos a ROYALpag.com. Compre e receba em 5 minutos!

Confira o episódio do Depois do River #22:

Author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *